sábado, 19 de abril de 2014

A prisão do vereador Prisco!


Devido prisão do vereador Prisco (PSDB) na tarde desta sexta-feira (18), o deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) convocou os Policiais Militares da Bahia a retomarem a greve em entrevista na Rádio Sociedade. “A prisão do líder do movimento grevista foi uma traição do governo Wagner” e ele próprio decidiu assumir a liderança convocando todos os policiais a pararem as atividades. Circula também um comunicado de policiais com a mesma conclamação.  


Leia íntegra de alguns comunicados:

Urgência solicitando a paralisação dos PM’s. Leia íntegra dos comunicados:
Moção de Repúdio ao governo pela traição aos Policiais Militares.  Após Prisco ter feito um acordo com o governo para o final da greve, mesmo contrariando parte da tropa, o governo trai a boa vontade dos policiais militares e manda prender Prisco um dia após o acordo que pôs fim à greve, caracterizando um ato de traição do governo contra os policiais militares. Dessa forma, neste momento, por exigência dos policiais militares, saiu da condição de moderador e assumo a liderança do movimento. Dessa forma, conclamo toda a tropa para suspender as atividades imediatamente até que o governo providencie a soltura de Prisco. Ssa , 18/4/2014. Cap. Tadeu.




O tempo é o senhor de razão, já havia sido questionada a todos os funcionários na assembleia da FETRAB quarta-feira (16) no Ginásio de Esportes do Sindicato dos Bancários , por outras lideranças sindicais, a forma desrespeitosa que vem sendo tratados os funcionários públicos do Estado da Bahia.  







ASPROLF
Sindicato dos Trabalhadores em Educação
Não abra mão dos seus direitos!

sexta-feira, 18 de abril de 2014

A Semana Santa é uma lembrança religiosa cristã que celebra a Paixão, a Morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Inicia-se no Domingo de Ramos, onde se faz memória da entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, e tem seu término com a ressurreição de Jesus Cristo, que ocorre no domingo de Páscoa.


Uma semana santa de paz...


A greve da Polícia Militar da Bahia graças a Deus, foi encerrada na tarde desta quinta-feira (17) após assembleia realizada entre líderes do movimento e PMs, no Wet'n Wild, espaço de shows em Salvador, onde parte da corporação permaneceu acampada desde a noite de terça-feira (15), quando o movimento foi iniciado. Logo após a assembleia, os policiais comemoraram bastante e gritaram em coro "A PM voltou".

Nesse contexto; ASPROLF deseja muita paz.  

quarta-feira, 16 de abril de 2014

ASPROLF na assembleia da FETRAB

A greve dos policiais e bombeiros militares decretou uma espécie de toque de recolher tácito em Salvador e região metropolitana, na noite desta terça-feira.  Antes mesmo da deflagração do movimento, que aconteceu por volta das 19h40, após assembleia da categoria, a cidade já estava sobressaltada, com muitos rumores de arrastões e assaltos; longos engarrafamentos nas principais vias e corredores e informações desencontradas sobre a circulação dos transportes coletivos na capital baiana.
Nesse contexto foi realizada hoje as 09h00min no Ginásio de Esportes do Sindicato dos Bancários a assembleia geral convocada pela FETRAB tendo como pauta:

  • Campanha salarial 2014;
  • Reajuste linear;
  • Pagamento da URV.


Iniciou-se os trabalhos com os informes do SINPOJUD, SINDSAÚDE-BA, ATEBA, SINSPEB, SINDPOC, SINDSEFAZ, ASDERBA, ASMOEB, APLB.
A plateia queria uma discursão aprofundada a respeito da companha salarial 2014, onde os discursos exposto pela mesa, eram recebidos pela plenária com vaias, demonstrando toda a indignação dos funcionários estaduais com o rumo da assembleia, que não atendia aos seus anseios.
Quando foi aberta a fala para outras entidades presentes, o coordenador geral da ASPROLF Valdir destacou a necessidade de respeito aos funcionários públicos, enfatizando o descaso do governo e defendendo como resposta a greve geral na Bahia.  


Greve, greve, greve foi a vontade da plenária, mas apresentando a desculpa frágil de que o fórum de decisão deveria ser as assembleias sindicais e não na assembleia da federação, Indiferente a plenária a FETRAB  não encaminhou nenhuma votação e encerrou os trabalhos, o que causou profunda indignação dos presentes.     

terça-feira, 15 de abril de 2014

ASSEMBLEIA DOS(AS) PROFESSORES(AS) ESTADUAIS TEVE CLIMA TENSO!





Hoje, dia 15 de abril, houve uma Assembleia dos(as) professores(as) , o clima foi tenso!!! A categoria saiu visivelmente insatisfeita com o resultado e o desenrolar da Assembleia.

Os Professores Garrido , Valdir e Cleber, que são da Coordenação da ASPROLF participaram da Assembleia.

Foi uma Assembleia muito movimentada e, como já dissemos, bastante tensa...A categoria está querendo ver a reversão da proposta do governo e também manifestou indignação pela assinatura de um acordo com o governo sem consulta em assembleia.

Amanhã haverá nova Assembleia Geral, convocada pela FETRAB, agora do conjunto de servidores públicos estaduais, a insatisfação com o governo é clara...


Estamos para enfrentar mais uma greve de Policiais Militares, a insatisfação com o governo do Estado materializa-se a cada dia.






COMUNICADO IMPORTANTE DA ASPROLF 2

Na noite desta quinta-feira (15), os policiais militares deflagraram greve por tempo indeterminado na Polícia Militar da Bahia. 
Amanhã (16), haverá paralisação, por 24 horas, da Polícia Civil da Bahia e todo o funcionalismo público, seguida de assembleia da FETRAB, às 09h, no Ginásio de Esporte, no Largo dos Aflitos.
Diante desses fatos, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Lauro de Freitas (ASPROLF) reforça o zelo pela segurança e integridade dos quase 30 mil estudantes da rede pública municipal, bem como dos quase 3 mil trabalhadores em educação INDICANDO SUSPENSÃO DAS AULAS na educação de Lauro de Freitas no dia de amanhã (quarta-feira), e até o fim da greve da PM-BA.

ASPROLF
Sindicato dos Trabalhadores em Educação
Não abra mão dos seus direitos!

COMUNICADO IMPORTANTE DA ASPROLF

Na tarde de hoje (15), acontecerá assembleia da Polícia Militar, no Wet'n Wild, às 15h, o que trará insegurança à sociedade baiana, pela redução do quadro de policiais e de viaturas nas ruas. 

Diante disso, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Lauro de Freitas, zelando pela integridade e segurança dos nossos estudantes e trabalhadores em educação, além da sociedade laurofreitense, INDICA que o funcionamento das aulas na tarde de hoje (15) seja até às 16h, e no turno da noite seja suspensa.

ASPROLF
Sindicato dos Trabalhadores em Educação
Não abra mão dos seus direitos!

domingo, 13 de abril de 2014

ASPROLF comemora 25 anos de luta em defesa dos trabalhadores em educação


O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Lauro de Freitas completou hoje domingo, dia 13 de abril, 25 anos de luta em defesa dos trabalhadores em educação. Para comemorar esta tão importante data, realizou no dia 11 de abril (sexta-feira) um ato solene com comemoração, na Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia (AFPEB), das 17h às 21h.